Machu Picchu

Altitude 2400 mts. / 7872 pés acima do nível do mar
Clima Seco, dias ensolarados e noites frescas
Temperatura 78°-50° F / 26°-10° C aprox.
Época das chuvas De dezembro a março
Vias de acceso Ferroviária - a pie

Uma das Sete Maravilhas do Mundo, Machu Picchu foi declarada Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO e é o principal destino turístico do Peru.

Apresentada para o mundo, há um século, pelo estadunidense Hiram Bingham como a Cidade Perdida dos Incas, ainda guarda segredo sobre as razões para o inca Pachacútec mandar construir esta surpreendente cidadela. Lugar de retiro para a família real? Lugar sagrado, dedicado ao culto ao Sol, habitado por acllas ou virgens do Sol? Fortaleza para defesa, que impediria um possível avanço dos habitantes da selva amazônica que ameaçavam o império? Além desses raciocínios, o que mais intriga todos os visitantes e pesquisadores é por que aquele magnífico inca mandou construir este extraordinário exemplo de arquitetura e engenharia em um lugar tão inacessível e rodeado por natureza indômita.

Visitar Machu Picchu é entrar em outra dimensão, naquela em que a cosmovisão andina se desvela claramente e flui para nos encher de energia. A cidadela foi construída em total harmonia com a natureza, no cume do cerro Machu Picchu coroando o rio Urubamba que flui caudalosamente aos seus pés. Frente a ela, como um cauteloso guardião, impõe-se o cerro Huayna Picchu onde se encontram os restos arqueológicos do que se considera ter sido o templo da Lua.

O Intihuatana ou relógio solar, disposto no alto de uma pequena colina, é uma das atrações principais da cidadela. Durante o passeio, não se pode deixar de visitar a Tumba Real, o templo das Três Janelas, a Mansão Sacerdotal, o templo Central, o templo do Sol e o Torreão, a única construção circular do complexo.

Chega-se a Machu Picchu por uma viagem de trem que vai até o vilarejo de Aguas Calientes e, depois, sobe-se a montanha por transporte público, ou vai-se a pé pelo Caminho Inca.