Imponente arquitetura em meio a majestosa vegetação

Author: 

Há algumas semanas, descobri que muitos caminhos conduzem a Chachapoyas. Além do caminho mais conhecido: Chiclayo - Chachapoyas via Pedro Ruiz, também é possível chegar a Chachapoyas por Tarapoto. Desta vez, pegamos o avião em Lima e, depois de uma hora, chegamos à cidade de Tarapoto, de onde partimos para Moyobamba. Foi uma viagem de quatro horas, com a vista de uma paisagem inesquecível e harmoniosa.

Foi necessário passar a noite e recobrar as energias em Moyobamba, já que o caminho para Chachapoyas leva sete horas. No dia seguinte, de manhã bem cedinho, retomamos a estrada para nos dirigirmos a Chachapoyas. A nossa visita a Chachapoyas não poderia ter começo melhor, a catarata de Gocta recebeu-nos imponente, com as suas duas quedas d’água. Gocta é reconhecida mundialmente como a terceira catarata em altura e não é possível chegar à base da queda, pois a força da água não permite.

Passamos a noite no Gocta Lodge 3***, estrategicamente localizado em frente à catarata, com uma vista impressionante. Este hotel, sem dúvida, é uma das melhores opções para o pernoite.
No dia seguinte, fomos conhecer Kuelap, majestosa obra arquitetônica dos Chachapoyas. Depois de três horas de viagem partindo de Gocta, pudemos apreciar a impressionante construção de pedras de vários tamanhos, tudo sobre um território inóspito. Muitas perguntas passavam pela minha cabeça e, ao mesmo tempo, eu tentava imaginar como os antigos habitantes conseguiram criar essas estruturas no topo de uma montanha, a quase três mil metros acima do nível do mar.
As ruínas arquitetônicas, os cortes em rochas e demais vestígios demonstram a importância que teve este lugar. Alguns autores concordam que a estrutura foi uma fortaleza militar, outros afirmam que foi um centro de administração de produtos alimentícios e de culto. Também se acredita que foi simplesmente uma cidade fortificada. Em suma, há várias teorias e hipóteses.
O passeio durou cerca de três horas. O clima é variável, com muito vento e chuvas esporádicas, em qualquer época do ano. 
Sem dúvida, foi uma experiência enriquecedora. Conhecer mais sobre o nosso passado, desfrutar da natureza pura e conviver com os habitantes tornaram esta viagem inesquecível.

Roteiro sugerido: 

Nuestros Bloggers

Ejecutivo(a) de Cuentas
Ejecutivo(a) de Cuentas
Director Gerente
Supervisor
Ejecutivo(a) de Cuentas
Ejecutivo(a) de Cuentas
Ejecutivo(a) de Cuentas
Gerente para Iberoamerica
Supervisor
Ejecutivo(a) de Cuentas